ANTICRISTO – QUEM É E ONDE PODE SER ENCONTRADO.





Criada em 30/01//2010 Última modificação em 04/02/2010

ANTICRISTO – QUEM É E ONDE PODE SER ENCONTRADO.



Por volta do ano 98 EC, assim foi que o apóstolo João aconselhou àqueles para quem escreveu esta carta: (1 João 2:18-26) 18 Criancinhas, é a última hora, e, assim como ouvistes que vem o anticristo, JÁ ESTÁ HAVENDO AGORA MUITOS ANTICRISTOS; sendo que deste fato obtemos o conhecimento de que é a última hora. 19 SAÍRAM DO NOSSO MEIO, mas não eram dos nossos; pois, se tivessem sido dos nossos, teriam permanecido conosco. Mas, [saíram] para que se mostrasse que nem todos são dos nossos. 20 E vós tendes uma unção do santo; todos vós tendes conhecimento. 21 Escrevo-vos, não porque não conheçais a verdade, mas porque a conheceis, e porque nenhuma mentira se origina da verdade. 22 QUEM É O MENTIROSO, SENÃO AQUELE QUE NEGA QUE JESUS É O CRISTO? Este é o anticristo, aquele que nega o Pai e o Filho. 23 Todo aquele que nega o Filho, tampouco tem o Pai. Quem confessa o Filho, tem também o Pai. 24 Quanto a vós, permaneça em vós aquilo que ouvistes desde [o] princípio. Se aquilo que ouvistes desde [o] princípio permanecer em vós, subsistireis também em união com o Filho e em união com o Pai. 25 Outrossim, esta é a coisa prometida que ele mesmo nos prometeu: a vida eterna. 26 Estas coisas eu vos escrevo a respeito dos que estão tentando desencaminhar-vos.

 

Quem é o anticristo, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo?? O anticristo é aquele que nega que Jesus é o Cristo.

O que é ser o Cristo??

sm.

  1  Teol.  Jesus, o filho de Deus [Nesta acp., com inicial maiúsc.]

  2  A imagem de Jesus na cruz: Tinha um cristo na cabeceira.

  3  Bras.  Pop.  Vítima de injustiça, perseguição etc.: Esse nasceu para cristo.

  4  Esp.  Formação em que o ginasta fica, nas argolas, com os dois braços esticados horizontalmente

 

 [F.: Do gr. khristós, é, ón, 'o ungido'; 'Jesus Cristo (com maiúsc.)'.]

 

(Mateus 1:16) 16 Jacó tornou-se pai de José, marido de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado Cristo.

(Mateus 2:3-6) 3 O Rei Herodes, ouvindo isso, ficou agitado, e, junto com ele, toda Jerusalém; 4 e, convocando todos os principais sacerdotes e escribas do povo, começou a indagar deles onde havia de nascer o Cristo. 5 Disseram-lhe: “Em Belém da Judéia; pois é assim que se escreveu por intermédio do profeta: 6 ‘E tu, ó Belém da terra de Judá, de nenhum modo és a [cidade] mais insignificante entre os governadores de Judá; pois de ti sairá um governante que há de pastorear o meu povo, Israel.’”

 

PEDRO RECONHECE O CRISTO // JESUS ASSUME QUE É O CRISTO

 

(Mateus 16:13-20) 13 Tendo então chegado às regiões de Cesaréia de Filipe, Jesus foi perguntar a seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do homem?” 14 Disseram: “Alguns dizem João Batista, outros, Elias, ainda outros, Jeremias ou um dos profetas.” 15 Disse-lhes ele: “Vós, porém, quem dizeis que eu sou?” 16 Em resposta, Simão Pedro disse: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente.17 Jesus lhe disse, em resposta: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque [isso] não te foi revelado por carne e sangue, mas por meu Pai, que está nos céus. 18 Também, eu te digo: Tu és Pedro, e sobre esta rocha construirei a minha congregação, e os portões do Hades não a vencerão. 19 Eu te darei as chaves do reino dos céus, e tudo o que amarrares na terra, será a coisa amarrada nos céus, e tudo o que soltares na terra, será a coisa solta nos céus.” 20 Advertiu, então, severamente os discípulos que não dissessem a ninguém que ele era o Cristo.

(Mateus 23:10) 10 Tampouco sejais chamados ‘líderes’, pois o vosso Líder é um só, o Cristo.



JESUS PREVÊ QUE OUTROS AFIRMARIAM SER O CRISTO.

Tendo por base o meu nome, muitos afirmarão serem “Cristo”.

(Mateus 24:4-5) 4 E Jesus, em resposta, disse-lhes: “Olhai para que ninguém vos desencaminhe; 5 pois muitos virão à base do meu nome, dizendo: ‘Eu sou o Cristo’, e desencaminharão a muitos.



DE ONDE VIRIA O ANTICRISTO??
(Mateus 24:4-5) 4 E Jesus, em resposta, disse-lhes: “Olhai para que ninguém vos desencaminhe; 5 pois muitos virão à base do meu nome, dizendo: ‘Eu sou o Cristo’, e desencaminharão a muitos.

Estes homens não negariam a pessoa de Jesus.

Jesus afirmou: "Eles virão à base do meu nome". Afirmariam ser discípulos de Jesus, mas diriam, sigam a mim. Jesus estava prevendo um desvio. Haveria um desvio que partiria dos próprios discípulos de Jesus. Não seria algo imposto de fora para dentro, ou seja, dos que não eram discípulos para os que eram discípulos. Muito embora afirmassem ser discípulos de Jesus, o que haveria de errado nestes homens??
Estes homens não negariam a pessoa de Jesus, pois afirmariam ser discípulos de Jesus.
Não podiam afirmar que Jesus não existiu. Não podiam dizer que Jesus deixou de afirmar certas frases, certos mandamentos. As testemunhas, aqueles que viram todas os obras de Jesus e que ouviram as afirmações diretamente da boca de Jesus, ainda estavam vivos.
Estes homens não afirmariam abertamente estarem substituindo a Jesus. No entanto, Jesus afirmou que eles seriam bem sucedidos, que desencaminhariam a muitos. Estes homens conseguiriam tanto tirar do caminho aqueles que já estavam, como angariar novos discípulos, que também afirmariam ser discípulos de Jesus. Jesus afirmou que "MUITOS" seriam desencaminhados, apesar de Jesus ter avisado antecipadamente a seus discípulos que isto iria acontecer entre eles.
Muito embora fossem sofrer tribulação de todos os lados, estes falsos Cristos sairiam de entre os próprios discípulos.
O apóstolo João foi testemunha de que, apesar dos avisos do Mestre, os discípulos de Jesus estavam se desviando e desviando outros.

NEGA O ENSINO DE CRISTO. Nega o praticar o ensino de Jesus.

O apóstolo João, por volta do ano 98 EC, sendo testemunha do que já estava acontecendo, assim escreveu:

(2 João 6-9) . . .. 7 Pois, muitos enganadores saíram pelo mundo afora, pessoas que não confessam Jesus Cristo vindo na carne. Este é o enganador e o anticristo. 8 Acautelai-vos para que não percais as coisas que produzimos por trabalho, mas para que obtenhais uma plena recompensa. 9 Todo aquele que se adianta e não PERMANECE NO ENSINO DO CRISTO não tem Deus. Quem permanece neste ensino é quem tem tanto o Pai como o Filho.


COMO TAIS HOMENS GANHARIAM A CONFIANÇA DOS DISCÍPULOS DE JESUS??


As palavras de uma testemunha deste desvio ao escrever uma carta por volta do ano 98 EC foram as seguintes: (1 João 4:1-3) 4 Amados, não acrediteis em toda expressão inspirada, mas PROVAI AS EXPRESSÕES INSPIRADAS para ver se se originam de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo afora. 2 Obtendes o conhecimento da expressão inspirada da parte de Deus pelo seguinte: Toda expressão inspirada que confessa Jesus Cristo como tendo vindo na carne origina-se de Deus, 3 mas toda expressão inspirada que não confessa a Jesus não se origina de Deus. Além disso, ESTA É A [EXPRESSÃO INSPIRADA] DO ANTICRISTO, de que ouvistes que viria, e agora já está no mundo.
É digno de nota que em lugar de "expressões inspiradas" o que consta
literalmente  é "espíritos" . Literalmente fica "estai provando os espíritos".


Assim verte a Tradução Almeida: (1 João 4:1-3) 1 Amados, NÃO CREIAIS A TODO ESPÍRITO, mas provai se os espíritos vêm de Deus; porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo. 2 Nisto conheceis o Espírito de Deus: todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus; 3 e todo espírito que não confessa a Jesus não é de Deus; mas é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que havia de vir; e agora já está no mundo.

Decerto, estes homens afirmavam que suas expressões tinham a aprovação, a indução do espírito ou até mesmo a fala do espírito santo, dando assim uma conotação divina às suas afirmações.

João passa a dizer: Irmãos, nem tudo que se afirma ter vindo de Deus, tem vindo realmente de Deus. Se por um acaso, a expressão não confessar a Jesus, esta expressão não é de Deus. Se uma expressão inspirada ou espírito negar um dos mandamentos dados por Jesus, certamente esta expressão ou este espírito não é de Deus, deixou claro o apóstolo João. Não podemos esquecer desta afirmação de Jesus: Eu sou a verdade. (João 14:6) 6 Jesus disse-lhe: “EU SOU o caminho, e A VERDADE, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.
Negar qualquer dos mandamentos de Jesus ou fazer e mandar fazer algo de forma diferente do que Jesus mandou fazer, mesmo afirmando ser por espírito santo, é afirmar que Jesus estava mentindo. Estaria afirmando: Não é bem assim como Jesus afirmou ou fez; podemos fazer de forma diferente.

Qualquer pequeno desvio é um desvio, pois aquele que é injusto no mínimo é também injusto no muito. (Lucas 16:10) 10 Quem é fiel no mínimo, é também fiel no muito, e quem é injusto no mínimo, é também injusto no muito.

Bem, João foi testemunha, ele ouviu cada um dos mandamentos que saíram da boca de Jesus.

Como se nega o ensino do Cristo?? Vejamos de forma prática, como um discípulo de Jesus passa a negar o ensino do Cristo.
Um discípulo de Jesus é verbal e fisicamente agredido. O que ele deve fazer??
Deve procurar um distrito policial e exigir que tal ofensor receba o tratamento devido??
Logo de cara, a pessoa fica tentada a exigir o que ela chama de justiça, mas, que na verdade é uma vingança.
O mandamento do Cristo é:
(Mateus 5:38-42) 38 “Ouvistes que se disse: ‘Olho por olho e dente por dente.’ 39 No entanto, eu vos digo: Não resistais àquele que é iníquo; MAS, A QUEM TE ESBOFETEAR A FACE DIREITA, OFERECE-LHE TAMBÉM A OUTRA. 40 E, se alguém quiser levar-te perante o tribunal para obter posse de tua roupa interior, deixa-o ter também a tua roupa exterior; 41 e, se alguém sob autoridade te obrigar a prestar serviço por mil passos, vai com ele dois mil. 42 Dá ao que te pede e não te desvies daquele que deseja tomar emprestado de ti [sem juros].
Bem, este é o mandamento do Cristo. Fazer diferente disto e orientar outro discípulo a fazer diferente disto é negar a Jesus como sendo o Cristo. Deveria um aluno de Jesus deixar de perdoar alguma ofensa de qualquer humano contra ele??? Deveria este aluno ensinar outros alunos a desobedecer a este mandamento???

Um outro exemplo: Um discípulo de Jesus é roubado e vê o objeto que lhe foi roubado na mão do ladrão. O que fazer?? Ele pode ficar tentado a querer de volta tal objeto. No entanto, qual é o mandamento do Cristo??

O mandamento do Cristo é: (Lucas 6:30) 30 Dá a todo o que te pedir, e daquele que te tirar tuas coisas, não [as] peças de volta.
Novamente, este é o mandamento do Cristo. Fazer diferente disto e ensinar outro discípulo a fazer diferente disto é negar a Jesus como o Cristo.
É o mesmo que dizer: "Olha Jesus, eu não concordo com este teu mandamento, vou fazer de forma diferente. Vou fazer como o discípulo Tal fez, pois me parece mais sábio". Ou ainda: "Vou fazer como aquele servo fiel do passado fez". E ele adiciona: "Mas, continuo sendo um discípulo de Jesus".

Neste caso, ele não cumpre o mandamento e ainda ensina outros a descumprirem este mandamento. O que ocorreria então?? Ocorreria um afastamento dos mandamentos ensinados e praticados por Jesus. Estes homens apresentariam outros mandamentos ensinados e praticados por outros servos do Deus Altíssimo.



Topo desta página