É VOCÊ UM CORDEIRO??

Criada em 01/08/2011 Última alteração em 19/02/13 às 07 : 49





CORDEIRO


A ovelha assimila o ódio, o desprezo e a violência que recebe, não os devolve e não guarda ressentimento.


Eis que eu vos envio como ovelhas no meio de lobos”.


O QUE É UM CORDEIRO?? A definição dada por um dicionário. Uma ovelha.


Cordeiro – esta é a definição dada pelo dicionário Houaiss:


CORDEIRO s.m. Filhote de ovelha; anho. / Fig. Pessoa dócil. // Cordeiro de Deus, Jesus Cristo. // Cordeiro pascal, cordeiro imolado anualmente pelos israelitas para comemorar a saída do Egito.


Jesus foi chamado de CORDEIRO. Jesus era uma ovelha. Jesus revelou ter a personalidade de um cordeiro; ele mostrou ser uma ovelha autêntica.

Para entendermos a profundidade da afirmação de Jesus ser um cordeiro, façamos uma comparação entre Davi e Jesus, ou seja, entre a personalidade de Davi e a personalidade de Jesus.


Quando procuramos o leão que é da tribo de Judá certamente apontaremos para Davi. (Gênesis 49:8-10) 8 Quanto a ti, Judá, teus irmãos te elogiarão.Tua mão estará sobre a cerviz dos teus inimigos. Os filhos de teu pai se prostrarão diante de ti. 9 Judá é um leãozinho. Subirás certamente da presa, filho meu. Abaixa-se, espicha-se como o leão, e como a um leão, quem se atreve a acordá-lo? 10 O cetro não se afastará de Judá, nem o bastão de comandante de entre os seus pés, até que venha Siló; e a ele pertencerá a obediência dos povos.


Um povo que se comportaria como um leão. (Números 23:23-24) 23 Pois contra Jacó não há feitiço de azar, Nem adivinhação contra Israel. Nesta hora se pode dizer com respeito a Jacó e Israel: ‘O que Deus tem realizado!’ 24 Eis que um povo se levantará como leão, E como o leão se erguerá. Não se deitará até comer alguma presa, E beberá o sangue dos que foram mortos.”


Um povo se comportaria como um leão: (Números 24:8-9) 8 Deus o está fazendo sair do Egito; Sua é a carreira veloz dum touro selvagem. Consumirá as nações, seus opressores, E roerá os seus ossos e os despedaçará com as suas flechas. 9 Abaixou-se, deitou-se como leão, E, como ao leão, quem se atreve a acordá-lo? Os que te abençoam são os benditos, E os que te amaldiçoam são os malditos. .


Meu povo soltou o seu rugido de leão até mesmo contra mim - (Jeremias 12:7-8) 7 Deixei a minha casa; abandonei a minha herança; entreguei a amada da minha alma na palma da mão dos seus inimigos. 8 Minha herança tornou-se para mim qual leão na floresta. Ela deu vazão à sua voz até mesmo contra mim. Por isso é que a odiei...


Assim verte a Tradução Almeida: (Jeremias 12:7-8) 7 Desamparei a minha casa, abandonei a minha herança; entreguei a amada da minha alma na mão de seus inimigos. 8 Tornou-se a minha herança para mim como leão numa floresta; levantou a sua voz contra mim, por isso eu a odeio.


A tribo de Judá produziu muitos leões (reis). Aos olhos de Jeová eles agiam quais leões (reis)- (Ezequiel 19:1-9) 19E no que se refere a ti, levanta uma endecha a respeito dos maiorais de Israel, 2 e tens de dizer: ‘Que foi a tua mãe? Uma leoa entre leões. Deitou-se entre leões novos jubados. Criou os seus filhotes. 3 “‘E aos poucos ela criou um dos seus filhotes. Um leão novo jubado é o que se tornou, e ele começou a aprender a dilacerar a presa. Devorou até mesmo o homem terreno. 4 E as nações ouviam [falar] dele. Foi apanhado na cova delas, e passaram a levá-lo por meio de ganchos à terra do Egito. 5 “‘Quando ela chegou a ver que tinha esperado [e] que sua esperança tinha perecido, então tomou outro dos seus filhotes. Constituiu-o em leão novo jubado. 6 E ele começou a andar no meio dos leões. Um leão novo jubado é o que se tornou. E aos poucos aprendeu a dilacerar a presa. Devorou até mesmo o homem terreno. 7 E ele chegou a conhecer as suas torres de habitação e devastou até mesmo as cidades deles, de modo que a terra ficou desolada e ele a encheu com o som do seu bramido. 8 E as nações em redor, dos distritos jurisdicionais, começaram a armar contra ele e a estender sobre ele a sua rede. Ele foi apanhado na sua cova. 9 Por fim puseram-no na jaula, por meio de ganchos, e levaram-no ao rei de Babilônia. Foram levá-lo por meio de redes de caça, para que não se ouvisse mais a sua voz nos montes de Israel.


Quais são as atitudes de um leão?? Esta foi a descrição feita por Jeová das ações de um leão novo jubado (um rei), que certamente são paralelas às ações dos leões (reis) da tribo de Judá: (Naum 2:11-12) 11 Onde está a guarida dos leões e a caverna dos leões novos jubados, em que andava e entrava o leão, em que estava o filhote de leão, e ninguém [os] fazia tremer? 12 [O] leão dilacerava o bastante para os seus filhotes e estrangulava para as suas leoas. E ele mantinha os seus buracos cheios de presa e seus esconderijos de animais dilacerados.


Muito embora sua ação em nenhum momento tivesse algo a ver com a ação de um leão, Jesus foi chamado de leão - (Revelação 5:4-5) 4 E eu passei a chorar muito, porque ninguém fora achado digno de abrir o rolo ou de olhar dentro dele. 5 Mas um dos anciãos diz-me: “Pára de chorar. Eis que o Leão que é da tribo de Judá, a raiz de Davi, venceu de modo a abrir o rolo e os seus sete selos.”


O que caracterizaria a personalidade de Jesus?? Sendo Jesus um rei, não deveria agir como um leão novo jubado?? Jesus foi associado à tribo de Judá e a raiz de Davi. O que isto significava??

Isto revelava uma realidade em relação a Jesus. Ele era um dos descendentes de Judá e era nascido na linhagem real de Davi, isto por parte de José, o seu pai “adotivo”.


Na condição de rei quais seriam as ações de Jesus?? Seriam ações idênticas as descritas acima em relação aos leões novos jubados na mesma linhagem real de Davi??


Como rei, Jesus mostrou ser um leão ou um cordeiro?? Apesar de ocupar a posição de um rei, que personalidade continuou a ter Jesus??


(João 1:29) 29 No dia seguinte viu Jesus aproximar-se dele e disse: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

(João 1:35-37) 35 Novamente, no dia seguinte, João estava parado com dois dos seus discípulos, 36 e ao olhar para Jesus andando [ali], disse: “Eis o Cordeiro de Deus!” 37 E os dois discípulos o ouviram falar e seguiram a Jesus.

(Revelação 5:1-10) 5 E eu vi na mão direita Daquele que estava sentado no trono um rolo escrito por dentro e pelo reverso, bem selado com sete selos. 2 E eu vi um forte anjo proclamar com voz alta: “Quem é digno de abrir o rolo e de soltar os seus selos?” 3 Mas não havia ninguém, nem no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, que pudesse abrir o rolo ou olhar dentro dele. 4 E eu passei a chorar muito, porque ninguém fora achado digno de abrir o rolo ou de olhar dentro dele. 5 Mas um dos anciãos diz-me: “Pára de chorar. Eis que o Leão que é da tribo de Judá, a raiz de Davi, venceu de modo a abrir o rolo e os seus sete selos.” 6 E eu vi no meio do trono e das quatro criaturas viventes, e no meio dos anciãos, um cordeiro em pé, como se tivesse sido morto, tendo sete chifres e sete olhos, [olhos] que significam os sete espíritos de Deus, os quais têm sido enviados à terra inteira. 7 E ele foi e [o] tirou imediatamente da mão direita Daquele sentado no trono. 8 E, ao tomar o rolo, as quatro criaturas viventes e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, cada um [deles] tendo uma harpa e tigelas de ouro cheias de incenso, e o [incenso] significa as orações dos santos. 9 E cantam um novo cântico, dizendo: “Digno és de tomar o rolo e de abrir os seus selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste pessoas para Deus, dentre toda tribo, e língua, e povo, e nação, 10 e fizeste deles um reino e sacerdotes para o nosso Deus, e hão de reinar sobre a terra.”

(Revelação 5:11-6:2) 11 E eu vi, e ouvi uma voz de muitos anjos em volta do trono, e das criaturas viventes, e dos anciãos, e o número deles era miríades de miríades e milhares de milhares, 12 dizendo com voz alta: “O Cordeiro que foi morto é digno de receber o poder, e as riquezas, e a sabedoria, e a força, e a honra, e a glória, e a bênção.” 13 E toda criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e no mar, e todas as coisas neles, eu ouvi dizer: “Ao que está sentado no trono e ao Cordeiro seja a bênção, e a honra, e a glória, e o poderio para todo o sempre.” 14 E as quatro criaturas viventes diziam: “Amém!” e os anciãos prostraram-se e adoraram. 6 E eu vi quando o Cordeiro abriu um dos sete selos, e ouvi uma das quatro criaturas viventes dizer com voz como de trovão: “Vem!” 2 E eu vi, e eis um cavalo branco; e o que estava sentado nele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e ele saiu vencendo e para completar a sua vitória.

(Revelação 6:15-17) 15 E os reis da terra, e os dignitários, e os comandantes militares, e os ricos, e os fortes, e todo escravo e [toda] pessoa livre esconderam-se em cavernas e nas rochas dos montes. 16 E estão dizendo aos montes e às rochas: “Caí sobre nós e escondei-nos do rosto Daquele que está sentado no trono e do furor do Cordeiro, 17 porque veio o grande dia do seu furor, e quem é que pode ficar de pé?”

(Revelação 7:9-10) 9 Depois destas coisas eu vi, e, eis uma grande multidão, que nenhum homem podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, em pé diante do trono e diante do Cordeiro, trajados de compridas vestes brancas; e havia palmas nas suas mãos. 10 E gritavam com voz alta, dizendo: “[Devemos] a salvação ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro.”

O reino dos céus é um reino, no qual todos os súditos são ovelhas. No reino dos céus só tem ovelhas. Do rei até os súditos, todos são ovelhas.


No reino de Deus, é uma ovelha quem guia as demais ovelhas; é uma ovelha que cuida e zela (pastoreia) das demais ovelhas. (Revelação 7:13-17) 13 E, em resposta, um dos anciãos me disse: “Quem são estes que trajam compridas vestes brancas e donde vieram?” 14 Eu lhe disse assim imediatamente: “Meu senhor, és tu quem sabes.” E ele me disse: “Estes são os que saem da grande tribulação, e lavaram as suas vestes compridas e as embranqueceram no sangue do Cordeiro. 15 É por isso que estão diante do trono de Deus; e prestam-lhe serviço sagrado, dia e noite, no seu templo; e O que está sentado no trono estenderá sobre eles a sua tenda. 16 Não terão mais fome, nem terão mais sede, nem se abaterá sobre eles o sol, nem calor abrasador, 17 porque o Cordeiro, que está no meio do trono, os pastoreará e os guiará a fontes de águas da vida. E Deus enxugará toda lágrima dos olhos deles.”

O casamento do Cordeiro.

(Revelação 19:6-9) 6 E ouvi o que era como a voz duma grande multidão, e como o som de muitas águas, e como o som de fortes trovões. Disseram: “Louvai a Jah, porque Jeová, nosso Deus, o Todo-poderoso, tem começado a reinar. 7 Alegremo-nos e estejamos cheios de alegria, e demos-lhe a glória, porque chegou o casamento do Cordeiro e a sua esposa já se preparou. 8 Sim, foi-lhe concedido vestir-se de linho fino, resplandecente [e] puro, pois o linho fino representa os atos justos dos santos.” 9 E ele me diz: “Escreve: Felizes os convidados à refeição noturna do casamento do Cordeiro.” Ele me diz também: “Estas são as palavras verazes de Deus.”

(Revelação 21:9-14) 9 E veio um dos sete anjos que tinham as sete tigelas cheias das últimas sete pragas, e falou comigo, dizendo: “Vem para cá, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro.10 Levou-me assim no [poder do] espírito para um grande e alto monte, e mostrou-me a cidade santa de Jerusalém descendo do céu, da parte de Deus, 11 e tendo a glória de Deus. Seu resplendor era semelhante a uma pedra mui preciosa, como pedra de jaspe, brilhando como cristal. 12 Tinha uma grande e alta muralha, e tinha doze portões, e, junto aos portões, doze anjos, e havia nomes inscritos, os quais são os das doze tribos dos filhos de Israel. 13 Ao leste havia três portões, e ao norte havia três portões, e ao sul havia três portões, e ao oeste havia três portões. 14 A muralha da cidade tinha também doze pedras de alicerce, e sobre elas os doze nomes dos doze apóstolos do Cordeiro.

(Revelação 21:22-27) 22 E não vi templo nela, pois Jeová Deus, o Todo-poderoso, é o seu templo, também o Cordeiro [o é]. 23 E a cidade não tinha necessidade do sol, nem da lua, para brilhar sobre ela, pois a glória de Deus a iluminava, e a sua lâmpada era o Cordeiro. 24 E as nações andarão por meio da sua luz, e os reis da terra lhe trarão a sua glória. 25 E os seus portões de modo algum se fecharão de dia, porque não haverá ali noite. 26 E trarão a ela a glória e a honra das nações. 27 Mas, tudo o que não for sagrado, e todo aquele que praticar uma coisa repugnante e a mentira, de modo algum entrará nela; somente os escritos no rolo da vida do Cordeiro [entrarão].

Aquele que pratica “uma coisa repugnante” e a mentira não pode entrar na cidade.



(Revelação 22:1-5) 22 E ele me mostrou um rio de água da vida, límpido como cristal, correndo desde o trono de Deus e do Cordeiro, 2 pelo meio de sua rua larga. E deste lado do rio e daquele lado [havia] árvores da vida, produzindo doze safras de frutos, dando os seus frutos cada mês. E as folhas das árvores [eram] para a cura das nações. 3 E não haverá mais nenhuma maldição. Mas o trono de Deus e do Cordeiro estará na [cidade] e os seus escravos lhe prestarão serviço sagrado; 4 e verão o seu rosto, e o seu nome estará nas testas deles. 5 Tampouco haverá mais noite, e eles não têm necessidade de luz de lâmpada, nem [têm eles] luz do sol, porque Jeová Deus lançará luz sobre eles e eles reinarão para todo o sempre.

JESUS É O CORDEIRO, A OVELHA DE DEUS.


Foi previsto em relação a Jesus. Ele se comportaria como uma ovelha autêntica. Ele não praticaria nenhuma violência, nenhuma violência.



(Isaías 53:1-9) 53 Quem depositou fé na coisa ouvida por nós? E quanto ao braço de Jeová, a quem foi revelado? 2 E ele subirá qual rebento perante alguém e como raiz dentre uma terra árida. Não tem nenhuma figura imponente, nem qualquer esplendor; e vendo-o nós, não há aparência, de modo que o desejássemos. 3 Ele foi desprezado e evitado pelos homens, homem para ter dores e para conhecer doença. E era como se se ocultasse de nós a face. Foi desprezado e não o tivemos em conta. 4 Verdadeiramente, foram as nossas doenças que ele mesmo carregou; e quanto às nossas dores, ele as levou. Mas nós mesmos o considerávamos afligido, golpeado por Deus e atribulado. 5 Mas ele estava sendo traspassado pela nossa transgressão; estava sendo esmigalhado pelos nossos erros. O castigo intencionado para a nossa paz estava sobre ele, e por causa das suas feridas tem havido cura para nós. 6 Todos nós temos andado errantes quais ovelhas; viramo-nos cada um para o seu próprio caminho; e o próprio Jeová fez que o erro de todos nós atingisse aquele. 7 Viu-se apertado e deixou-se atribular; contudo, não abria a sua boca. Foi trazido qual ovídeo ao abate; e como a ovelha fica muda diante dos seus tosquiadores, tampouco ele abria a sua boca. 8 Por causa da restrição e do julgamento, ele foi levado embora; e quem é que se ocupará com [os pormenores de] sua geração? Pois foi cortado da terra dos viventes. Por causa da transgressão do meu povo, sofreu o golpe. 9 E ele fará a sua sepultura mesmo com os iníquos e com a classe rica, na sua morte, apesar do fato de que não praticara nenhuma violência e não havia engano na sua boca.

HUMANOS TAMBÉM SÃO OVELHAS DE DEUS. HUMANOS QUE AINDA NÃO APRENDERAM A SER OVELHAS, A SE COMPORTAREM COMO OVELHAS AUTÊNTICAS, TAMBÉM SÃO CHAMADOS DE OVELHAS.



(Jeremias 23:1-4) 23Ai dos pastores que destroem e espalham as ovelhas do meu pasto!” é a pronunciação de Jeová. 2 Portanto, assim disse Jeová, o Deus de Israel, contra os pastores que pastoreiam meu povo: “Vós é que espalhastes as minhas ovelhas; e continuastes a dispersá-las e não voltastes a vossa atenção para elas.” “Eis que volto minha atenção para vós pela ruindade de vossas ações”, é a pronunciação de Jeová. 3E eu mesmo reunirei o restante das minhas ovelhas dentre todas as terras às quais eu as dispersara e vou trazê-las de volta à sua pastagem, e certamente se tornarão fecundas e se tornarão muitas. 4 E vou suscitar sobre elas pastores que realmente as apascentarão; e não terão mais medo, nem ficarão aterrorizadas, e nenhuma delas estará faltando”, é a pronunciação de Jeová.

Vejamos novamente a ação dos reis (leões) de Judá. Vejamos o que Jeová esperava deles e o que eles fizeram no cargo que ocupavam.

Os pastores precisam aprender a cuidar das ovelhas de Jeová. Precisam saber que as ovelhas, todas elas, cada uma delas, são muito amadas por Jeová. Os pastores não devem se aproveitar das ovelhas, antes, devem valorizar a cada uma das ovelhas. Todos os pastores usaram muito mal a oportunidade que receberam, isto é, a de pastorear as ovelhas de Jeová. Receberam autoridade para pastorear, e o que fizeram?? (Ezequiel 34:1-16) 34 E continuou a vir a haver para mim a palavra de Jeová, dizendo: 2Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel. Profetiza, e tens de dizer-lhes, aos pastores: ‘Assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Ai dos pastores de Israel, que foram tornar-se apascentadores de si mesmos! Não é ao rebanho que os pastores devem apascentar? 3 A gordura é o que comeis e com lã é que vestis a vós mesmos. Abateis o animal gordo. Não apascentais o próprio rebanho. 4 Não fortalecestes as adoentadas, e não curastes a doentia, e não pensastes a quebrada, e não trouxestes de volta a dispersada, e não procurastes a perdida, porém, MANTIVESTE-AS EM SUJEIÇÃO COM SEVERIDADE, SIM, COM TIRANIA. 5 E aos poucos foram espalhadas por não haver pastor, de modo que se tornaram alimento de toda fera do campo e continuaram a ser espalhadas. 6 Minhas ovelhas continuaram a perder-se em todos os montes e em todo morro alto; e minhas ovelhas foram espalhadas sobre a superfície inteira da terra, sem haver quem [as] buscasse e sem haver quem [as] procurasse. 7 “‘“Portanto, pastores, ouvi a palavra de Jeová: 8 ‘“Assim como vivo”, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová, “por certo, visto que as minhas ovelhas se tornaram algo a ser saqueado e minhas ovelhas continuaram a ser alimento para toda fera do campo, por não haver pastor, e meus pastores não buscaram as minhas ovelhas, mas os pastores continuaram a apascentar a si mesmos e não apascentaram as minhas próprias ovelhas”’, 9 por isso, pastores, ouvi a palavra de Jeová. 10 Assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘Eis que sou contra os pastores, e certamente exigirei de volta as minhas ovelhas da sua mão e os farei cessar de apascentar as [minhas] ovelhas, e os pastores não mais se apascentarão a si mesmos; e vou livrar as minhas ovelhas da sua boca e elas não se tornarão alimento para eles.’” 11 “‘Pois assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Eis aqui estou, eu mesmo, e vou buscar as minhas ovelhas e cuidar delas. 12 Com o cuidado de alguém que apascenta a sua grei no dia em que chega a estar no meio das suas ovelhas que foram espalhadas, assim cuidarei das minhas ovelhas; e vou livrá-las de todos os lugares aos quais foram espalhadas no dia de nuvens e de densas trevas. 13 E vou fazê-las sair dentre os povos e reuni-las das terras, e vou fazê-las chegar ao seu solo e apascentá-las nos montes de Israel, junto aos regos e junto a todos os lugares de morada da terra. 14 Apascentá-las-ei num bom pasto e seu lugar de permanência virá a estar nos montes altos de Israel. Ali se deitarão num bom lugar de permanência e pastarão num pasto gordo sobre os montes de Israel.” 15 “‘“Eu mesmo apascentarei as minhas ovelhas e eu mesmo as farei deitar-se”, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová. 16Procurarei a perdida e trarei de volta a dispersa, e pensarei a quebrada e fortalecerei a doentia, mas aniquilarei a gorda e a forte. A esta apascentarei com julgamento.”



Em lugar de apascentar, cuidar das ovelhas, os pastores as mantiveram em sujeição com severidade, sim, com tirania. Estes pastores usavam a violência. Estes pastores eram violentos.


Os homens terrenos, as ovelhas de Jeová, precisam aprender a se comportarem como ovelhas autênticas. (Ezequiel 34:17-31) 17 “‘E quanto a vós, minhas ovelhas, assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Eis que julgo entre ovídeo e ovídeo, entre os carneiros e os cabritos. 18 É algo de somenos importância para vós apascentardes a vós mesmos no melhor dos pastos, mas pisardes o resto dos vossos pastos com os vossos pés, e beberdes água pura, mas sujardes a que sobra, batendo com os vossos próprios pés? 19 E quanto às minhas ovelhas, devem elas pastar no pasto pisado pelos vossos pés e devem elas beber a água tornada suja pelo bater de vossos pés?” 20 “‘Portanto, assim lhes disse o Soberano Senhor Jeová: “Eis aqui estou, eu mesmo, e hei de julgar entre o ovídeo gordo e o ovídeo magro, 21 visto que continuastes a empurrar com o lado e com o ombro, e visto que continuastes a marrar com os vossos chifres a todas as adoentadas até que as tínheis espalhado para fora. 22 E eu vou salvar as minhas ovelhas e elas não mais se tornarão algo a ser saqueado; e vou julgar entre ovídeo e ovídeo. 23 E vou suscitar sobre elas um só pastor e ele terá de apascentá-las, sim, meu servo Davi. Ele mesmo as apascentará e ele mesmo se tornará seu pastor. 24 E eu mesmo, Jeová, me tornarei seu Deus, e meu servo Davi, maioral no meio delas. Eu, Jeová, é que falei. 25 “‘“E vou concluir com elas um pacto de paz, e hei de fazer cessar no país a fera nociva, e elas realmente morarão no ermo em segurança e dormirão nas florestas. 26 E delas e dos arredores do meu morro vou fazer uma bênção e vou fazer as chuvadas descer no seu tempo. Chuvadas de bênção virá a haver. 27 E a árvore do campo terá de dar seu fruto e a própria terra dará a sua produção, e mostrarão estar realmente em segurança no seu solo. E terão de saber que eu sou Jeová, quando eu quebrar os paus do seu jugo e eu as tiver livrado da mão dos que as tinham escravizado. 28 E não mais se tornarão para as nações algo a ser saqueado; e quanto à fera da terra, não as devorará, e elas morarão realmente em segurança, sem que alguém [as] faça tremer. 29 “‘“E vou suscitar para elas a plantação de um nome, e elas não se tornarão mais as que são tiradas pela fome na terra e não mais levarão humilhação da parte das nações. 30E terão de saber que eu, Jeová, seu Deus, estou com elas e que são meu povo, a casa de Israel’, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová.”’ 31 “‘E no que se refere a vós, minhas ovelhas, ovelhas do meu pasto, vós sois homens terrenos. Eu sou vosso Deus’, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová.”

Estas ovelhas praticavam violência contra outras ovelhas. Eram ovelhas violentas.



JESUS TAMBÉM VIA OS HUMANOS COMO OVELHAS



(Mateus 9:35-36) 35 E Jesus empreendeu uma viagem por todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles e pregando as boas novas do reino, e curando toda sorte de moléstias e toda sorte de padecimentos. 36 Vendo as multidões, sentia compaixão delas, porque andavam esfoladas e empurradas dum lado para outro como ovelhas sem pastor.

(Mateus 10:5-6) 5 A estes doze enviou Jesus, dando-lhes as seguintes ordens: “Não vos desvieis para a estrada das nações, e não entreis em cidade samaritana; 6 mas, ide antes continuamente às ovelhas perdidas da casa de Israel.

(Mateus 10:16) 16Eis que eu vos envio como ovelhas no meio de lobos; portanto, mostrai-vos cautelosos como as serpentes, contudo, inocentes como as pombas.

(Mateus 15:24-27) 24 Em resposta, ele disse: “Não fui enviado a ninguém senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.25 Chegando a mulher, começou a prestar-lhe homenagem, dizendo: “Senhor, ajuda-me!” 26 Em resposta, ele disse: “Não é direito tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos.” 27 Ela disse: “Sim, Senhor; mas, realmente, os cachorrinhos comem as migalhas que caem da mesa dos seus amos.. . .

(Mateus 26:31-32) 31 Jesus disse-lhes então: “Esta noite, todos vós tropeçareis em conexão comigo, pois está escrito: ‘Golpearei o pastor, e as ovelhas do rebanho ficarão espalhadas.’ 32 Mas, depois de eu ter sido levantado, irei adiante de vós para a Galiléia.”



Vejam como é que um verdadeiro pastor pastoreia as ovelhas do Pai. Vejam o que o Pai espera que os pastores façam quando recebem a autoridade de pastores. (João 10:7-18) 7 Portanto, Jesus disse de novo: “Digo-vos em toda a verdade: Eu sou a porta das ovelhas. 8 TODOS OS QUE VIERAM EM MEU LUGAR são ladrões e saqueadores; mas as ovelhas não os têm escutado. 9 Eu sou a porta; todo aquele que entrar por mim será salvo, e entrará e sairá, e achará pastagem. 10 O ladrão não vem a não ser para furtar, e matar, e destruir. Eu vim para que tivessem vida e a tivessem em abundância. 11 EU SOU O PASTOR EXCELENTE; o pastor excelente entrega a sua alma em benefício das ovelhas. 12 O empregado, que não é pastor e a quem não pertencem as ovelhas como suas próprias, observa o lobo vir e abandona as ovelhas, e foge — e o lobo as arrebata e espalha — 13 porque é um empregado e não se importa com as ovelhas. 14 EU SOU O PASTOR EXCELENTE, e conheço as minhas ovelhas e as minhas ovelhas conhecem a mim, 15 assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai; e entrego a minha alma em benefício das ovelhas. 16E tenho outras ovelhas, que não são deste aprisco; a estas também tenho de trazer, e elas escutarão a minha voz e se tornarão um só rebanho, um só pastor. 17 É por isso que o Pai me ama, porque entrego a minha alma, a fim de recebê-la de novo. 18 Ninguém a tirou de mim, mas eu a entrego de minha própria iniciativa. Tenho autoridade para a entregar e tenho autoridade para a receber de novo. O mandamento a respeito disso recebi de meu Pai.”



Jesus reconhece que tem outras ovelhas diferentes das “ovelhas perdidas da casa de Israel”. Estas também foram dadas a ele e na época devida seriam ajuntadas ao rebanho. Depois de ajuntadas elas formariam um só rebanho. Não formariam dois rebanhos. Não haveria um rebanho formado pelos judeus e um rebanho formado com o resto dos povos. Todas as ovelhas seriam colocadas em um só rebanho. O que isto revela?? Revela uma das características da personalidade de Jeová. E qual é?? A imparcialidade. (João 10:16) 16E tenho OUTRAS ovelhas, que não são deste aprisco; a estas também tenho de trazer, e elas escutarão a minha voz e se tornarão um só rebanho, um só pastor.

(Mateus 10:5-6) 5 A estes doze enviou Jesus, dando-lhes as seguintes ordens: “Não vos desvieis para a estrada das nações, e não entreis em cidade samaritana; 6 mas, ide antes continuamente às ovelhas perdidas da casa de Israel.

(Mateus 15:21-28) 21 Partindo dali, Jesus retirou-se então para os lados de Tiro e Sídon. 22 E eis que uma mulher fenícia, daquelas regiões, saiu e gritou alto, dizendo: “Tem misericórdia de mim, Senhor, Filho de Davi. Minha filha está muito endemoninhada.” 23 Mas ele não lhe respondeu nenhuma palavra. De modo que seus discípulos se aproximaram e começaram a solicitar-lhe: “Manda-a embora; porque persiste em clamar atrás de nós.” 24 Em resposta, ele disse: “Não fui enviado a ninguém senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.” 25 Chegando a mulher, começou a prestar-lhe homenagem, dizendo: “Senhor, ajuda-me!” 26 Em resposta, ele disse: “Não é direito tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos.” 27 Ela disse: “Sim, Senhor; mas, realmente, os cachorrinhos comem as migalhas que caem da mesa dos seus amos.” 28 Jesus disse-lhe então, em resposta: “Ó mulher, grande é a tua fé; aconteça-te conforme desejas.” E a filha dela ficou curada daquela hora em diante.



Acreditar no que Jesus fala é uma das atitudes das ovelhas de Jesus. Ovelhas de Jesus seguem a Jesus. A ovelha de Jesus não precisa de nenhum intermediário entre ela e Jesus. A ovelha de Jesus não segue a nenhum intermediário. A ovelha de Jesus é aquela que acredita em Jesus, acredita nas palavras faladas por Jesus. A principal característica da ovelha de Jesus é ela acreditar nas palavras faladas por Jesus; é reconhecer a voz, reconhecer as palavras faladas por Jesus; é saber identificar que palavras não foram faladas por Jesus, sejam elas faladas por quaisquer dos outros pastores humanos, também discípulos de Jesus. (João 10:25-30) 25 Jesus respondeu-lhes: “Eu vos disse, e ainda assim não acreditais. As obras que eu faço em nome de meu Pai, essas dão testemunho de mim. 26 Mas, vós não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas. 27 Minhas ovelhas escutam a minha voz e eu as conheço, e elas me seguem. 28 E eu lhes dou vida eterna e elas não serão jamais destruídas, e ninguém as arrebatará da minha mão. 29 Aquilo que meu Pai me deu é algo maior do que TODAS as outras coisas, e ninguém as pode arrebatar da mão do Pai. 30 Eu e o Pai somos um.”



Elas sabem distinguir, elas dizem: “Esta não é a palavra de uma ovelha; esta não é a ação de uma ovelha; esta não é a ordem de uma ovelha”.


Jesus designou humanos para pastorear suas ovelhas, o bem MAIS valioso que recebeu do Pai. E agora, o que estes pastores designados falariam para as ovelhas de Jesus? O que estes fariam com as ovelhas de Jesus, isto é, como tratariam as ovelhas de Jesus? Como tratariam o bem mais precioso de Jesus? Seriam estes novos “pastores designados” diferentes dos anteriores “pastores designados”?? Como usariam a “autoridade” recebida?? Para que usariam a “autoridade” recebida?? Os pastores designados devem amar a Jesus MAIS do que os outros não designados. Os pastores, antes de serem designados, devem responder três vezes para Jesus a seguinte pergunta também feita a Pedro: Amas-me MAIS do que estes”?? Certamente, este deveria ser um precioso pré-requisito para alguém ser designado como pastor das ovelhas que Jesus tanto ama. No entanto, este é um requisito para Jesus aprovar o pastor. Afinal, é somente durante o pastorear que tal pastor revelará o quanto ele ama a Jesus. Como ele fará isto?? Por cuidar muito bem das ovelhas de Jesus. As ovelhas, isto é, “aquilo que o meu Pai me deu, e que é maior do que todas as outras coisas”, como devem ser tratadas pelos pastores?? Tais pastores devem estar apercebidos de que estão cuidando de algo altamente valioso e que pertence a outra pessoa. O pastor não deixa de ser uma ovelha, ao estar ocupando a posição de pastor. É uma ovelha cuidando e zelando de outras ovelhas, assim como o rei das ovelhas também é uma ovelha. Jesus não deixou de ser uma ovelha ao estar ocupando o cargo de rei (pastor).



(João 21:15-17) 15 Então, depois de terem almoçado, Jesus disse a Simão Pedro: “Simão, filho de João, amas-me MAIS do que estes?” Ele lhe disse: “Sim, Senhor, tu sabes que tenho afeição por ti.” Disse-lhe ele: Apascenta MEUS cordeiros.” 16 Novamente lhe disse ele, pela segunda vez: “Simão, filho de João, amas-me?” Ele lhe disse: “Sim, Senhor, tu sabes que tenho afeição por ti.” Disse-lhe ele: “Pastoreia MINHAS ovelhinhas.” 17 Disse-lhe ele pela terceira vez: “Simão, filho de João, tens afeição por mim?” Pedro ficou contristado por ele lhe dizer pela terceira vez: Tens afeição por mim?” De modo que lhe disse: “Senhor, tu sabes todas as coisas; tu te apercebes que eu tenho afeição por ti.” Jesus disse-lhe: “Apascenta as MINHAS ovelhinhas.



Pedro, você me ama? Estou deixando em suas mãos aquilo que é de maior valor para mim.


O amor a Jesus se revela quando a ovelha observa as PALAVRAS FALADAS por Jesus.

(João 14:15) 15Se me amardes, OBSERVAREIS os meus mandamentos;

(João 14:20-21) 20 Naquele dia sabereis que estou em união com o meu Pai, e vós estais em união comigo, e eu estou em união convosco. 21 Quem tem os meus mandamentos e os observa, este é o que me ama. Por sua vez, quem me ama, será amado por meu Pai, e eu o amarei e me mostrarei claramente a ele.”

(João 14:23-24) 23 Em resposta, Jesus disse-lhe: “Se alguém me amar, OBSERVARÁ a minha palavra, e meu Pai o amará, e nós iremos a ele e faremos a nossa residência com ele. 24 Quem não me ama, NÃO OBSERVA as minhas palavras; e a palavra que estais ouvindo não é minha, mas pertence ao Pai que me enviou.



Assim, aquele discípulo que ouve uma palavra diferente da palavra que saiu da boca de Jesus, mesmo falada por outro respeitado discípulo e acredita neste discípulo, está amando mais a este outro discípulo do que a Jesus. Assim, o discípulo de Jesus não pode seguir a um mandamento criado por outro discípulo de Jesus, um mandamento que vá de encontro a qualquer das palavras faladas por Jesus, ou mesmo um mandamento que modifique levemente o mandamento falado por Jesus. Embora não deixemos de amar a este respeitado discípulo, o nosso amor a Jesus tem de continuar a ser prioridade. O amor a Jesus se revela através do ato de observar SEUS mandamentos, SUAS palavras. Não podemos esquecer que as palavras faladas por Jesus, saíram da boca de Jeová, são os pensamentos de Jeová. Acredito nisto?? Bem, se acredito, ficará mais fácil observar os mandamentos retransmitidos por Jesus.


O QUE É UM MANDAMENTO?? Mandamento é aquilo que alguém MANDA outra pessoa fazer, que ORDENA que outra pessoa faça. Mandamento também é uma solução dada pelo legislador para resolver determinados problemas no dia a dia. O legislador está revelando aquilo que ele faria ao enfrentar o mesmo problema. Assim se expressou Jesus: (João 15:9-10) 9 Assim como o Pai me tem amado e eu vos tenho amado, permanecei no meu amor. 10 Se observardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu tenho observado os mandamentos do Pai e permaneço no seu amor.

(João 15:12) 12 Este é o meu mandamento, que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.

(João 15:17) 17Estas coisas eu vos mando, que vos ameis uns aos outros.



Assim define certo dicionário (Houaiss) a palavra Mandamento:

mandamento Datação: sXIII

n substantivo masculino

1 ação ou efeito de mandar; mandado, mando

2 ordem dada por pessoa que manda, que tem autoridade para mandar; mandado

Ex.: o m. do chefe de operação foi seguido à risca

3 o que se recomenda fazer, praticar; mandado, preceito, regra

Ex.: estávamos todos sujeitos a m. absurdos

4 Rubrica: termo jurídico.

disposição escrita em que se determina a realização de um ato, de uma diligência; mandato

5 Derivação: por metonímia. Rubrica: termo jurídico.

a ordem contida nessa disposição; mandato

6 voz de comando

7 Rubrica: religião.

no judaísmo e cristianismo, cada um dos dez preceitos que, através de Moisés, foram revelados por Deus ao povo hebreu e aos quais estão os crentes obrigados a obedecer (mais us. no pl.)

8 Rubrica: religião.

cada uma das obrigações para com a Igreja católica, em número de cinco, relacionadas com o decálogo de Moisés (mais us. no pl.)

9 Diacronismo: antigo.

divisão territorial; circunscrição, distrito


Assim, passamos a entender perfeitamente o que Jesus queria dizer com ESTE MANDAMENTO, esta ordem: (Mateus 28:19-20) 19 Ide, portanto, e fazei discípulos de pessoas de todas as nações, batizando-as em o nome do Pai, e do Filho, e do espírito santo, 20 ensinando-as a observar TODAS as coisas que VOS ORDENEI. E eis que estou convosco todos os dias, até à terminação do sistema de coisas.”

TODAS AS ORDENS, todos os mandamentos; cada uma das coisas que vos ordenei; cada uma das palavras que eu vos falei. Quem desobedecer a uma única das ordens saídas da boca de Jesus, está se rebelando contra Jesus e ao mesmo tempo se rebelando contra Jeová. Lembremo-nos do exemplo deixado pelo profeta sem nome, que, embora tenha cumprido as ordens de Jeová, deixou de obedecer a uma única ordem, por causa de um irmão profeta, um igual, deixando que a palavra de outro profeta, um igual, tivesse para ele mais valor do que a palavra de Jeová, e por isso foi punido por rebeldia contra a palavra saída da boca de Jeová. Jeová classificou o profeta sem nome de “rebelde”; te rebelastes contra a ordem que dei a ti, contra meu mandamento que dei a ti. As palavras de Jeová foram: (1 Reis 13:20-22) 20 E sucedeu, enquanto estavam sentados à mesa, que a palavra de Jeová veio ao profeta que o tinha trazido de volta; 21 e ele começou a clamar para o homem do [verdadeiro] Deus, que saíra de Judá, dizendo: “Assim disse Jeová: Visto que te rebelaste contra a ORDEM de Jeová e não guardaste o MANDAMENTO que Jeová, teu Deus, te ordenou, 22 mas voltaste para comer pão e beber água no lugar de que te falou: “Não comas pão nem bebas água”, teu cadáver não entrará na sepultura dos teus antepassados.’”

Além de falar o recado de Jeová para Jeroboão, o profeta sem nome teria de obedecer a ordem de Jeová para ele, profeta.

Assim com Jesus obedeceu a todas as ordens de Jeová para ele, assim também os discípulos de Jesus têm de obedecer a todas as ordens de Jesus para eles. As ordens retransmitidas por Jesus saíram da boca de Jeová.


Uma das características da personalidade de Jesus é ele ser um PERDOADOR. Para ser uma ovelha é imprescindível ser um PERDOADOR.


A ovelha não pode deixar de perdoar – isto foi o que Jesus deixou bem claro. Este é um dos atributos das ovelhas.


Lembremos: “Minhas ovelhas reconhecem a minha voz”.


Que palavra falou a “Ovelha” Jesus?? Assim falou o Cordeiro: (Mateus 6:14-15) 14Pois, se perdoardes aos homens as suas falhas, também o vosso Pai celestial vos perdoará; 15 ao passo que, se não perdoardes aos homens as suas falhas, tampouco o vosso Pai vos perdoará as vossas falhas.

Existe algum espaço para uma ovelha deixar de perdoar?? Se a pessoa não perdoar, ela revela não ser uma ovelha, pois, perdoar é uma das características da ovelha.


Deixou Jesus de perdoar algum pecado cometido contra ele?? Não, ele perdoou todos os pecados cometidos contra ele, pois esta era e ainda é, uma das características de sua personalidade.


A cada dia que a ovelha se dirigir ao Pai em oração, ela é lembrada: “Eu tenho de ser um perdoador”.


O Pai nos providenciou este lembrete: (Mateus 6:9-13) 9Portanto, tendes de orar do seguinte modo: “‘Nosso Pai nos céus, santificado seja o teu nome. 10 Venha o teu reino. Realize-se a tua vontade, como no céu, assim também na terra. 11 Dá-nos hoje o nosso pão para este dia; 12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores. 13 E não nos leves à tentação, mas livra-nos do iníquo.’

Novamente, o Cordeiro nos concede este mesmo lembrete: (Lucas 11:2-4) 2 Ele lhes disse então: “Sempre que orardes, dizei: ‘Pai, santificado seja o teu nome. Venha o teu reino. 3 Dá-nos o nosso pão para o dia, segundo as exigências do dia. 4 E perdoa-nos os nossos pecados, pois nós mesmos também perdoamos a todo aquele que está em dívida conosco; e não nos leves à tentação.’”



Ser um PERDOADOR é uma das características de qualquer ovelha. A ovelha perdoa; a ovelha não guarda ressentimento.



Afirmar ser uma ovelha é fácil e qualquer um pode fazer, no entanto a pessoa precisará provar através de ações no seu dia a dia que ela é realmente uma ovelha. São suas naturais ações diante dos problemas no dia a dia que revelarão se a pessoa é ou não uma ovelha.

A ovelha recebe e assimila o ódio, o desprezo e a violência, não revida e não guarda ressentimento.

O discípulo deve ser uma cópia fiel do seu mestre.

O discípulo de “A” deverá ser uma autêntica cópia de “A”. Ele pode afirmar ser discípulo de “A”, e no entanto ser uma cópia da pessoa “B”.

Neste caso, o que realmente importa???

O que realmente importa, não é o que a pessoa afirma, e sim, as decisões que esta pessoa toma no seu dia a dia. São as decisões do discípulo que revelação se ele é ou não uma cópia da pessoa “A” ou da pessoa “B”.

Nota-se claramente que o discípulo de Jesus se mostrará discípulo de Jesus através das decisões que ele tomar no dia a dia. Se todas as suas decisões coincidirem com as decisões tomadas por Jesus, então, somente neste caso é que o discípulo comprovará ser uma cópia do seu mestre Jesus.





Topo desta página