PAZ – COMO CONSEGUIR?? DEPENDE DE QUE??

Criada em 14/04/2109 – Última alteração em 14 de abril de 2019

 

Você sabe o que é paz??

No que se refere a paz, você sabe a diferença entre esponja e fonte??

Primeiro vamos ver a definição de paz dada no dicionário:


Significado de Paz

substantivo feminino Calma; estado de calmaria, de harmonia, de concórdia e de tranquilidade. Sossego; em que há silêncio e descanso. Falta de problemas ou de violência; relação tranquila entre pessoas. [Política] Circunstância em que certos países não estão em guerra ou conflito; anulação das hostilidades entre nações, estabelecida por acordos de amizade. [Psicologia] Calma interior; estado de espírito de quem não se perturba. Fazer as pazes. Reconciliar-se com quem se tinha brigado. Paz armada. Paz sustentada pelo temor que os inimigos têm um do outro. Etimologia (origem da palavra paz). Do latim pax.pacis.

Sinônimos de Paz

Paz é sinônimo de: tranquilidadesilênciosossegocalma

Antônimos de Paz

Paz é o contrário de: guerraconflito

 

É um estado, uma condição, que pode ser de alguém ou de alguma coisa. Condição de alguém ou de alguma coisa em determinada situação ou momento: o paciente estava em estado terminal.

 

Pode ser harmonia e concórdia entre duas ou mais pessoas, ou seja, um grupo de pessoas, assim como pode ser o estado interior de uma pessoa, que neste caso, independe do que esteja acontecendo ao redor dela, ela pode se manter no mesmo estado ou condição de paz.

Neste último caso, a pessoa alcançou a condição de fonte de paz.

 

Existência de problemas ou de violência è Um único problema pode tirar a paz?? Um problema entre duas pessoas é capaz de tirar a paz que existia até então entre estas duas pessoas. Será que apenas a existência do problema automaticamente acaba com a paz?? A existência de um problema terá o conflito como resultado direto e único??

O que é mesmo conflito??

Vamos ver a definição dada por um dicionário:

 

Significado de Conflito

substantivo masculino Luta armada entre países conflitantes; guerra: o conflito entre Palestina e Israel. Ausência de concordância, de entendimento; oposição de interesses, de opiniões; divergência: conflito entre capitalistas e socialistas. [Por Extensão] Choque violento: conflito entre policiais e traficantes. Discussão intensa; altercação: vivia criando conflitos com os alunos. Oposição mútua entre as partes que disputam o mesmo direito, competência ou atribuição.[Psicologia] Condição mental de quem apresenta hesitação ou insegurança entre opções excludentes; estado de quem expressa sentimentos de essência oposta.[Teatro] Elemento a partir do qual a progressão narrativa tem seu início.[Literatura] Oposição, choque de interesses, entre personagens, normalmente entre o protagonista e forças externas ou até consigo mesmo. Etimologia (origem da palavra conflito). Do latim conflictus.us.

Sinônimos de Conflito

Conflito é sinônimo de: perturbaçãotumultorevoltamotimembrulhadaagitaçãoaltercação,desordemdivergênciaguerraalvoroçozaragatamatinadaespalhafatoenfrentamento

Antônimos de Conflito

Conflito é o contrário de: entendimentoconcordânciaacordoaliançaamizadeconciliação,concórdiaconsonância

 

Como surge um conflito entre duas pessoas??

Bem, tem de existir uma divergência entre estas duas pessoas.

Pode ser uma divergência de opiniões ou de vontades.

Xiiiiiiiiiiiiii

Se o conflito sempre surge por haver “divergência”, isto significa que o humano estará sempre diante e sujeito ao conflito.

Pode haver divergências de opiniões e de vontades sem que haja conflito?? É possível??

 

Uma coisa é certa. Entre duas pessoas que possuem o mesmo “entendimento” sobre todas as coisas, obviamente concordando com as decisões possíveis, nunca haverá conflito. Isto é muito interessante, não é??

Você sabe o que é entendimento??

Vamos ver a definição dada pelo dicionário:

 

Significado de Entendimento

substantivo masculino Faculdade de entender; razão, compreensão. Ação de se entender com; acordo: chegar a um entendimento. Boa compreensão; harmonia: entendimento entre dois amigos. Maneira de perceber, de entender, de julgar algo; opinião: segundo seu entendimento, ele precisa ser demitido. Interpretação: palavra de duplo entendimento. [Filosofia] Faculdade de pensar; capacidade de pensar ou de entender algo intelectualmente; inteligência. Etimologia (origem da palavra entendimento). Entender + mento.

Sinônimos de Entendimento

Entendimento é sinônimo de: acordoharmoniarazãocompreensãoopiniãointerpretaçãojuízo, inteligência

 

De acordo com a quantidade e a qualidade do conhecimento acumulado por cada humano ou ser, ele terá este ou aquele “entendimento” sobre esta ou aquela coisa ou situação, encontrando assim um “caminho” a seguir, ou seja, colocar em prática a decisão tomada, ou seja, ter um tipo de comportamento (caminho) em face do seu entendimento (manipulação de informação).

 

Vamos ver uma palavra do Pai.

(Isaías 55:8-9) 8 Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. 9 Porque, assim como o céu é mais alto do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.

 

Divergência?? Isto mesmo. Existe uma divergência entre o Pai e os humanos. Conflito?? Sim existe um conflito entre o Pai e os humanos (Seus filhos).

Notou o tamanho da divergência??

Porque, assim como o céu é mais alto do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.

Bem, o conflito é inevitável, não é?? Certamente.

Neste caso, até que o humano individual tenha os mesmos pensamentos do Pai, ele estará em continua guerra contra os pensamentos do Pai??

Notou??

Ele estará em contínua guerra (conflito) com os “pensamentos” do Pai, muito embora possa afirmar que ama o Pai.

Ele não assumirá estar em guerra contra o Pai, embora discorde totalmente do Pai.

Xiiiiiiiiii

Notou??

Existe um conflito, existe uma guerra, mas não existe inimizade.

Por que será que o humano não declara inimizade direta contra aquele que pensa diferente dele e tem um caminho, um comportamento diferente dele?? Será pelo simples fato de o Pai ser muito mais Poderoso do que o filho?? Rsrsrsrsrsrsrsrsr

 

E quanto ao Pai??

Estando envolvido nesta enorme diferença de pensamentos, será que o Pai desenvolve inimizade por este ou por aquele Opositor dos pensamentos Dele??

O que diz o Pai??

(Ezequiel 18:21-23) 21 Mas se o ímpio se converter de todos os seus pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e preceder com retidão e justiça, certamente viverá; não morrerá. 22 De todas as suas transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela sua justiça que praticou viverá. 23 Tenho eu algum prazer na morte do ímpio? diz o Senhor Deus. Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?

 

Neste caso, eu pergunto: Para que existe a “guerra” humana??

Não é para remover aquele que não está disposto a fazer a minha vontade?? Não é para forçar e obrigar aquele que não concorda comigo, a que ele faça a minha vontade, mesmo que não concorde?? Não é para remover ou acabar com aquele cujos pensamentos e caminhos são diferentes e/ou opostos aos meus, que vivem causando interferência na realização de minhas vontades??

 

Perguntará alguém: Não poderiam conviver sem confronto estes pensamentos e caminhos diferentes??

Bem, por um determinado tempo e de acordo com os interesses de cada um, sim.. No entanto, as circunstâncias do dia a dia finalmente farão que os caminhos fiquem em oposição.

 

Lembra destas palavras de Jesus??

(Mateus 6:24) 24 Ninguém pode servir a dois senhores; pois ou há de aborrecer a um e amar ao outro, ou há de unir-se a um e desprezar ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.

 

Isto mesmo.. Chegará aquele momento de decisão. Chegará o momento de definir qual o caminho é o mais sábio para a continuidade da vida??

Caminhos mais sábios para o conforto, existem muitos e podem conviver com o caminho mais sábio para a continuidade da vida. No entanto, sempre chegamos ao momento da decisão, da escolha, afinal de contas, são caminhos opostos, não são caminhos paralelos.

 

Bem, no caso da paz, vamos ver agora uma outra informação dada por Jesus:

(João 14:27) 27 Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; eu não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.

 

Qual é a paz dada pelo mundo?? Como é dada esta paz?? Como é conseguida esta paz??

Na paz dada pelo mundo, o oponente é abatido ou obrigado a fazer a vontade do outro (neste caso, o mais forte). Na paz dada pelo mundo, aqueles que pensam do mesmo modo se unem para exterminar seus oponentes, calando-os com o uso da força e da violência. Na paz dada pelo mundo, aquele que perturba o ambiente pacífico é removido ou eliminado do grupo. Na paz dada pelo mundo existe a inimizade e a violência contra o opositor.

A paz dada pelo mundo envolverá a inimizade e o uso da violência física ou verbal junto com ameaça, no pleno uso do medo para sufocar os pensamentos e caminhos diferentes e opostos, bem como as vontades diferentes e opostas.

 

Neste caso, como seria a paz deixada por Jesus para eles, ou seja, a paz de Jesus e não a paz do mundo??

(Lucas 10:5-6) 5 Onde quer que entrardes numa casa, dizei primeiro: ‘Haja paz nesta casa.’ 6 E, se ali houver um amigo da paz, descansará sobre ele a vossa paz. Mas, se não houver, ela voltará para vós.. . .

 

Notou a diferença??

Você leva a tua paz. Caso encontre o confronto, você continua com a tua paz. Você não muda de pacífico para violento. Você não muda de paz para guerra. Como você não está levando dentro de si nem o desprezo, nem a inimizade e nem a violência, você não dará isso para as pessoas. Como você não está levando consigo nenhuma destas coisas invisíveis, não sairá de dentro de você nenhuma destas coisas invisíveis.

De dentro de uma pessoa pacífica não pode sair a violência, em nenhuma circunstância....

Entendeu como o mundo invisível comanda o mundo visível??

 

O que este humano está deixando sair de dentro dele?? Não é aquilo que o enche?? Não é o espírito do qual ele está cheio???

 

 

Será que é a paz??

E quanto a este logo abaixo??

 

 

Esta cena acima é de Moisés.

O que havia dentro de Moisés?? A paz??

Agora, observe esta cena abaixo...

O que este poderoso ser tem dentro de si??

 

 

 

Será que este poderoso tem a violência dentro de si??

Ou será que este poderoso tem a paz dentro de si??

Não é ele uma fonte de paz??

Devia se transformar em uma fonte de retribuição do mal recebido??

 

Você entendeu o que Jesus quis dizer aos seus apóstolos quanto a paz??

(Lucas 10:5-6) 5 Onde quer que entrardes numa casa, dizei primeiro: ‘Haja paz nesta casa.’ 6 E, se ali houver um amigo da paz, descansará sobre ele a vossa paz. Mas, se não houver, ela voltará para vós.. . .

Não gostou???

 

Notou o escrito acima?? Fonte de retribuição do mal recebido.....

Uma pessoa pode ser apenas um retribuidor, não pode??

Sim, trata-se de uma pessoa que ainda não se definiu. Ela ainda não sabe o que deseja ser, ou, embora deseje ser alguma coisa, ainda não experimentou ser aquela coisa, e quando experimenta fica decepcionada em face de sua imatura expectativa. Neste caso, para este tipo de pessoa é muito mais fácil ser apenas um mero retribuidor do que recebe. Se recebe o bem, ele faz o bem, e se recebe o mal, ele faz o mal.

Podemos dizer que esta pessoa é do tipo esponja, pois só dá o que recebe.

Notou que no caso de Jesus, ele mostrou ser algo bem diferente de uma esponja.

Ele estava recebendo o ódio, o desprezo e a inimizade daqueles humanos, mas, continuava sendo uma fonte de paz, permanecendo limpo de sentimentos como a inimizade, que levam ao ódio e à violência. Percebemos que Jesus não permitiu ser contaminado pelos sentimentos dos que praticavam violência contra ele, permanecendo na paz...

 

Não foi exatamente este tipo de comportamento que ele pediu aos seus apóstolos??  E, se ali houver um amigo da paz, descansará sobre ele a vossa paz. Mas, se não houver, ela voltará para vós.. . .

 

Se uma pessoa vive se alimentando com dente por dente, pancada por pancada, como ela conseguirá viver em paz???

Para uma pessoa que vive sendo uma fonte de retribuição, como ela conseguirá viver em paz??

É impossível para um ser que é uma fonte de retribuição conseguir viver em paz, pois os seus caminhos não são os caminhos da paz.

De dentro de um retribuidor nunca sairá a paz genuína.

Com que tipo de paz sonha o retribuidor do mal recebido??

(Salmos 37:9-11) 9 Pois os próprios malfeitores serão decepados, Mas os que esperam em Jeová são os que possuirão a terra. 10 E apenas mais um pouco, e o iníquo não mais existirá; E estarás certamente atento ao seu lugar, e ele não existirá. 11 Mas os próprios mansos possuirão a terra E deveras se deleitarão na abundância de paz.

(Salmos 92:7) 7 Quando os iníquos florescem como a vegetação E estão florindo todos os que praticam o que é prejudicial, É para que sejam aniquilados para todo o sempre.

(Salmos 58:10) 10 O justo se alegrará por ter observado a vingança. Banhará os seus passos no sangue do iníquo.

 

Notou o “sonho” do ser que se alimenta com o dente por dente e tem o dente por dente como pensamento e caminho?? Notou com o que ele sonha??

Na paz sonhada pelo retribuidor, todos os que lhe causam algum tipo de problema ou mal, tem de ser exterminado para que ele usufrua a sua abundância de paz.

Sendo assim, ficou bem claro que para haver paz no mundo dos retribuidores, têm de ser eliminados todos os causadores de problemas, ou seja, todos os “opositores” têm de ser mortos.

 

Você notou acima que o Pai, embora conviva com pessoas com pensamentos e caminhos muito distantes dos Dele, não sonha com a morte dos opositores Dele e tampouco passa a sentir inimizade por estes, pois Ele mesmo informou que não tem prazer na morte do iníquo. Enquanto humanos fazem festa com a morte dos seus opositores, o Pai tem como Seu prazer, que os opositores recuem do mal caminho, dando-lhes coisas boas enquanto ainda não recuam.

Notou quão distantes estão os pensamentos e caminhos do Pai em relação aos Seus iníquos filhos??

 

Veja o pensamento e caminho do Pai..

 è Tenho eu algum prazer na morte do ímpio? diz o Senhor Deus. Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?

Agora veja o pensamento e o caminho do humano.

è O justo se alegrará por ter observado a vingança. Banhará os seus passos no sangue do iníquo.

 

Como conseguirá viver em paz aquele que espera, deseja e busca continuamente a morte dos opositores causadores de problemas à satisfação de suas vontades??

 

Na linha do tempo, qual foi o caminho trilhado por aquele que vivia como pleno “retribuidor”?? Como age o retribuidor?? Ele ama àquele que o ama e odeia aquele que o odeia.

(Isaías 59:3-8) 3 Porque as vossas mãos estão contaminadas de sangue, e os vossos dedos de iniqüidade; os vossos lábios falam a mentira, a vossa língua pronuncia perversidade. 4 Ninguém há que invoque a justiça com retidão, nem há quem pleiteie com verdade; confiam na vaidade, e falam mentiras; concebem o mal, e dão à luz a iniqüidade. 5 Chocam ovos de basiliscos, e tecem teias de aranha; o que comer dos ovos deles, morrerá; e do ovo que for pisado sairá uma víbora. 6 As suas teias não prestam para vestidos; nem se poderão cobrir com o que fazem; as suas obras são obras de iniqüidade, e atos de violência há nas suas mãos. 7 Os seus pés correm para o mal, e se apressam para derramarem o sangue inocente; os seus pensamentos são pensamentos de iniqüidade; a desolação e a destruição acham-se nas suas estradas. 8 O caminho da paz eles não o conhecem, nem há justiça nos seus passos; fizeram para si veredas tortas; todo aquele que anda por elas não tem conhecimento da paz.

 

Notou?? Eles não conheciam o caminho da paz e jamais conseguiriam viver em paz com ninguém, ou seja, nem convivendo com os estrangeiros e nem entre si mesmos.

Qual era o caminho destes humanos??

Amavam aqueles que eles tinham como próximos e odiavam aqueles que eles tinham como inimigos. Era uma lista de inimigos que só vivia aumentando.  Bastava que não comungassem os mesmos pensamentos e vontades, e lá vinha a inimizade.
Matavam aqueles que eles tinham capacidade de matar e pediam ao Pai que matasse todos os demais, para que eles finalmente pudessem viver na tão desejada abundância de paz.
Com este comportamento, o que estavam atraindo a si de forma constante?? Não estavam atraindo e construindo uma constante “inimizade de todos”??

Como uma pessoa que vive atraindo e construindo inimizades consegue viver em paz?? Nunca conseguirá, pois ele se tornou uma fonte de inimizade.

Vixi.......

 

Qual era a diferença entre eles e o Pai celestial??

Note a informação dada por Jesus, primeiro apontando o caminho do homem e depois o caminho do Pai:

(Mateus 5:43-48) 43 Ouvistes que foi dito: Amarás ao teu próximo, e odiarás ao teu inimigo. 44 Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; 45 para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos. 46 Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? não fazem os publicanos também o mesmo? 47 E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis demais? não fazem os gentios também o mesmo? 48 Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial.

 

Ficou bem claro, não ficou??

 

Aqueles humanos, na verdade, aquele grupo de humanos, não conseguiam viver em paz com outros grupos de humanos. Tampouco conseguiam viver em paz entre si mesmos, ou seja, naquele grupo formado apenas pelos doze filhos de Jacó.

Bem, se esta regra de comportamento fosse realmente benéfica e levasse à paz, deveria haver paz, pelo menos dentro do grupo formado pelos doze filhos de Jacó, não é mesmo??

Não é o “fruto” que revela a sabedoria de uma regra de comportamento??

Não é o fruto benéfico que revela o quão boa é aquela regra de comportamento??

Qual é o maior benefício da paz??

Não é a inexistência de vítimas??

Não é a inexistência de mal à vida??

A coisa mais importante, não é a vida??

Quais foram os frutos produzidos por esta regra de comportamento, conhecida como “dente por dente”?? Produziu alguma paz?? Tinha como produzir alguma paz??

Quando este grupo de humanos que afirmavam que esta era uma gloriosa norma de comportamento, concordavam entre si com alguma coisa, eles permaneciam unidos e em paz..

Mas, o que acontecia quando havia discórdia, ou seja, quando não tinham o mesmo pensamento e nem andavam no mesmo caminho?? Havia a inimizade, e, consequentemente, a violência??

Depois que surgia uma vítima, passava automaticamente a multiplicar o número de vítimas??

O que será que o caso Gibeá nos revela sobre tal coisa??

Você conhece bem o caso Gibeá??

 

Veja aqui o que aconteceu no caso Gibeá

 

Notou a “multiplicação” do número de vítimas da violência??

Notou a multiplicação da violência??

Notou como tudo começou??

Como o humano conseguiria permanecer em paz em uma situação como aquela que deu origem ao caso de Gibeá??

Que norma de comportamento deveria ser usada em uma situação como esta??

Que norma de comportamento não aumentaria a quantidade de vítimas em um caso como este??

Esta aqui informada por Jesus em oposição ao “dente por dente”, a tal norma de comportamento que tem como resultado a multiplicação do número de vítimas e do uso da violência:

(Mateus 5:38-39) 38 Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente. 39 Eu, porém, vos digo que não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, oferece-lhe também a outra;

 

Já percebeu que esta norma de comportamento “oferecer a outra face” mantém inalterado o número de vítimas e a quantidade de violência usada até então??

Neste caso, qual das duas normas de comportamento é benéfica e auxilia na manutenção da paz??

Notou??
Dente por dente é igual a multiplicação de vítimas e da violência, enquanto ofereça a outra face é igual a manutenção do mesmo número de vítimas e quantidade de violência praticada até aquele momento...

Qual das duas normas de comportamento contribuem para a manutenção da paz??

Você ainda deseja pensar para poder responder??

 

Topo desta página

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Topo da página