Site criado em 05/09/2007. Última atualização em 06/12/2019 às 03:30.

Você Conhece o “Professor” Jeová??


Faça uma consulta aqui sobre os temas abordados neste site.
Você quer saber quais são os assuntos que estão sendo sabatinados neste site?? Então veja aqui.

VAMOS PENSAR UM POUCO??

O amor é a base para toda a lei de Deus, não é??

Jesus nos informou que toda a lei de Deus está definida em apenas dois mandamentos. Amar a Deus acima de todas as coisas e  amar ao próximo como a si mesmo. Percebemos que o amor é a base para todas as individuais decisões dentro do reino de Deus.

Neste caso eu te pergunto, poderia haver alguma regra de comportamento que mandasse praticar o desamor?? Ora, se a característica do reino de Deus é o amor, qualquer regra que fosse fruto do desamor não  existiria no reino de Deus, pois o amor e o desamor são coisas incompatíveis, não é verdade??

O que é dente por dente?? Trata-se de um comportamento que é fruto do amor ou do desamor?? Se uma pessoa pratica uma ação de desamor para com outra, o que deve acontecer no reino de Deus?? Ela deve continuar praticando ações de amor ou também deve praticar uma ação de desamor?? Se ele praticou uma ação de desamor, devo continuar a praticar ações de amor?? Deve uma ação de desamor de “A” sobre “B”, fazer com que “B” também pratique uma ação de desamor sobre “A”?? Deve a ação de desamor praticada por “A” em “B”, fazer com que uma pessoa “C” pratique uma ação de desamor em “A”??

Foi o Pai IHVH quem liberou o humano para praticar ações de desamor quando sofresse ações de desamor?? Foi o Pai IHVH quem liberou Seus filhos para que praticassem ações de desamor entre si??

Se eu disser que foi IHVH Deus quem determinou que o certo é praticar ações de desamor quando sofrer ações de desamor, será que estou difamando IHVH Deus??

Vamos continuar pensando??

Jesus afirmou que o Pai não odeia a ninguém e que continua a praticar o bem para aquele que o odeia. Ora, se o Pai ama aquele que o ama e ama aquele que o odeia, será que Ele pediria a um filho Seu para somente amar aquele que o amasse e odiasse aquele que o odiasse??

Será que o Pai pediria que Seu filho fosse o oposto Dele?? Pediria o Pai que o Seu filho fosse incompatível com seu próprio Pai?? Pediria o Pai que o filho fosse uma pessoa diferente Dele. O Pai deseja que todos os Seus filhos sejam uma cópia e semelhança Dele, não é verdade??

Lembra do que Jesus nos informou, não lembra??

(Mateus 5:43-45) 43 Ouvistes que foi dito: Amarás ao teu próximo, e odiarás ao teu inimigo. 44 Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; 45 para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos.

Será que é o filho que não deseja ser uma cópia e semelhança do Pai, por não concordar com o Pai??

Vamos continuar pensando??

A destruição definitiva do homem iníquo (Golias, Francisco, Antonio, Ednilson..) é a tua solução para o homem iníquo (Golias, Francisco, Antonio, Ednilson…)??

Na mente do aleatório “destruidor” Pedro, a morte (destruição definitiva) do aleatório iníquo Davi (um homem mau, que praticou o latrocínio, que é roubo seguido de morte, e que mantinha mulheres e crianças como escravos) é a definitiva solução para o caso de Davi.

Este foi o julgamento acontecido na mente de Pedro, cuja sentença está em seu coração, necessitando apenas que um carrasco qualquer execute tal sentença.

Agora veja a informação do Pai no caso Caim.

O mal que desejares para o iníquo é o mal que estás desejando sete vezes mais para você mesmo.

(Gênesis 4:15) 15 Respondeu-lhe Jeová: Por isso quem matar a Caim, sobre ele cairá a vingança sete vezes mais. Deu Jeová a Caim um sinal, de que não lhe daria a morte quem quer que o encontrasse.

Assim, este é o desejo de Pedro em relação a Davi. Assim, eu pergunto a você:

  • É o teu desejo que a morte dos homens de Sodoma seja definitiva solução para os homens maus de Sodoma??

  • É o teu desejo que a morte dos homens no dilúvio seja a definitiva solução para aqueles homens maus??

  • É o teu desejo que a morte dos homens no mar vermelho seja a definitiva solução para aqueles homens escravocratas??

  • É o teu desejo que a morte dos homens rebeldes no deserto (os condenados a não entrarem na terra prometida), seja a definitiva solução para aqueles homens maus??

  • O anjo matou 175.000 homens maus que cercavam a cidade santa de Jerusalém. É o teu desejo que a morte destes homens maus seja a definitiva solução para estes homens maus??

  • O falso profeta enganará a tantos que até mesmo incluiria os escolhidos (apóstolos). Os enganados morrerão por causa do falso profeta e junto com o falso profeta. É teu desejo que a morte do falso profeta e dos enganados por ele seja a solução definitiva para estes homens rebeldes??

  • É o teu desejo que a morte daquela geração que odiou e matou Jesus, seja a definitiva solução para aqueles homens e mulheres maus??

  • É o teu desejo que todos os homens maus sejam definitivamente mortos para que você finalmente se deleite na abundância de paz??

Por que o humano conseguiu pousar na lua??

Porque as leis da física nas quais ele baseou seus cálculos são “confiáveis”.

Será que o Pai Jeová é uma pessoa confiável, isto é, imutável em praticar os Seus princípios de moral?? Será que o Pai Jeová modifica Suas leis de moral de acordo com o ponto da linha do tempo?? Será que o Pai Jeová modifica as Suas leis de moral de acordo com as circunstâncias ou de acordo com este ou aquele humano??

Por que será que o humano nunca está interessado se o que ele fala a respeito do Pai, abona ou desabona a “personalidade” do Pai???

Será que o Pai é a imagem e semelhança dos humanos??

Ou será que nós deveríamos ser uma imagem e semelhança do Pai?? Consegue o humano ser uma cópia intelectual do Pai?? Consegue o humano ser um clone espiritual de Jesus?? Como poderia um corpo, no qual é processado milhares de reações químicas e que depende de muitos elementos externos e nas quantidades exatas, ser imortal, quando depende que o humano ingira estes elementos e que não ingira outros elementos??

SETE PRINCÍPIOS INVIOLÁVEIS. Diferente dos humanos que violam quaisquer princípios de acordo com as conveniências e circunstâncias, o Pai Jeová faz de forma oposta. Mantendo-se permanentemente na condição de Santo, o Pai Jeová  NUNCA viola nenhum de seus sete princípios. Os humanos têm blasfemado o Pai, atribuindo a Ele palavras (informações e/ou mandamentos) e ações nas quais Ele estaria violando um ou mais destes sete princípios: Misericórdia, o que inclui o perdão incondicional; livre-arbítriohumildade, inclusive a pobreza; lealdade incondicional aos pactos; imparcialidade, o que inclui ver a todos como iguais (plena igualdade), não fazendo acepção de pessoas; verdadeAmor incondicional, o que inclui amar os que se comportam como inimigos dele e dos filhos Dele.

Você consegue conviver amistosamente (amigavelmente e sem falsidade) com aquele que mata um filho teu (um iníquo)??

Você consegue conviver amistosamente com aquele que se opõe às coisas que você fala e te chama de mentiroso?? Consegue conviver amistosamente com aquele que te afronta??

Bem, o Pai consegue…… É o que Ele sempre fez e o que Ele está fazendo agora, neste exato momento.

A santidade do Pai Jeová é decorrente da Sua não violação destes sete princípios. Jeová é Santo. Ele é 100% Santo. Ele faz questão de não violar nenhum destes princípios. Ele não se permite aviltar o Seu próprio nome. É o comportamento do Pai que revela a Sua santidade.

Você gostaria que um médico acertasse apenas 50% em uma cirurgia no teu cérebro?? Gostaria de receber um tratamento para curar 50% do teu câncer?? Queremos que seja 100%, não queremos??

Aquela criatura que faz questão de falar a verdade, “NUNCA” se permitirá aviltar-se por falar uma pequena ou grande mentira, pois falar uma pequena ou grande mentira seria aviltar a si mesmo, não é verdade??

O humano sempre deseja a existência de um limite máximo para o perdão, para a lealdade, para a misericórdia, para o livre-arbítrio, para a verdade, para a imparcialidade e para o amor, quando tais coisas têm a ele, humano, como origem. O humano não faz questão de ser 100% perdão para outros, tampouco ser 100% imparcial.

Será que o humano é que está certo?? Será que o Pai deve igualar-se ao humano??

O Pai é Misericordioso?? Sim, o Pai é incondicionalmente misericordioso. Quais foram as palavras de Jesus em relação ao Pai??

Assim verte a Tradução do Novo Mundo:

(Lucas 6:36) 36 Continuai a tornar-vos misericordiosos, assim como vosso Pai é misericordioso.

Assim verte a Tradução Brasileira:

(Lucas 6:36) 36 Sede misericordiosos, como é misericordioso vosso Pai.

Assim verte a Tradução Almeida:

(Lucas 6:36) 36 Sede misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.

O que caracteriza uma pessoa incondicionalmente misericordiosa?? Qual é o comportamento de uma pessoa incondicionalmente misericordiosa??

Misericórdia – Assim define o dicionário Houaiss: sentimento de compaixão, dó, piedade por alguém que caiu em uma desgraça pessoal; ato concreto da manifestação deste sentimento, ou seja, o perdão.

misericórdia

s.f. (sXIV) 1  sentimento de dor e solidariedade com relação a alguém que sofre uma tragédia pessoal ou que caiu em desgraça; dó, compaixão, piedade 2  ato concreto de manifestação desse sentimento, como o perdão; indulgência, graça, clemência n interj. 3  exclamação de alguém que pede que o livrem de castigo, de ato de violência ou da morte ¤ etim lat. misericordìa,ae ‘id.’ ¤ sin/var ver sinonímia de comiseração e condescendência ¤ ant ver antonímia de condescendência

A misericórdia é para ser usada somente em favor da pobre vítima agredida ou  deve ser usada no mesmo momento também em favor do agressor??  Quando foi que Jesus deixou de usar misericórdia??  Jesus sempre usou de misericórdia para com os agressores e violadores da lei, ao mesmo tempo que usava com as vítimas. Jesus foi incondicional no uso da misericórdia. Será que o Pai sempre fazia a mesma coisa?? O que representaria para o humano se Jeová usar de misericórdia de forma incondicional para conosco e de forma imparcial?? Você ficaria chateado se Jeová usasse de misericórdia com aquele que te agride ou que mata o teu filho?? Você ficaria chateado se o Pai continuasse a amar àquele que matasse o teu filho?? Isto é amor incondicional, não é?? Você gosta deste tipo de amor?? Só para receber??

O quanto é Jeová uma pessoa misericordiosa?? Em até que grau ele se mostra misericordioso?? em que momento jeová não é misericordioso??

VOCÊ DESEJA QUE JEOVÁ SEJA “JUSTO” OU “MISERICORDIOSO”??

você sabia que jeová ama todo aquele que age como inimigo dele??
você sabia que ele continua amando àquele que mata um filho dele??
você sabia que ele deseja que você ame aquele que sente inimizade por você??
você sabia que o pai deseja que você seja igual a ele “nestas” coisas??

POIS QUANTAS VEZES FALO CONTRA ELE, TANTAS VEZES ME LEMBRO DELE TERNAMENTE………….???

O QUE RESTA AO HUMANO REBELDE DEPOIS DE SER PUNIDO PELO PAI COM A MORTE???

O que nos informa o Pai sobre a condição deste rebelde punido???

O Pai nos informa sobre como Ele vê esta situação:

O Pai coloca palavras na boca do filho punido…., prevendo o que dirá tal filho rebelde…

(Jeremias 31: 17-20) 17 Há esperança para o teu futuro, diz Jeová, e teus filhos voltarão para os seus termos. 18 Na verdade ouvi a Efraim queixando-se e dizendo: Castigaste-me, e sofri o castigo como novilho ainda não domado. Converte-me, e serei convertido; pois tu és Jeová, meu Deus. 19 Certamente depois que me converti, arrependi-me; depois que fui instruído, bati na coxa. Fiquei envergonhado e confundido, porque suportei o opróbrio da minha mocidade. 20 Acaso é Efraim meu querido filho? é ele criança em quem me deleito? pois quantas vezes falo contra ele, tantas vezes me lembro dele ternamente. Comovem-se as minhas entranhas por ele; certamente me compadecerei dele, diz Jeová.

Este rebelde não será descartado….., mesmo depois de uma merecida punição??

Mesmo depois da merecida punição, o Pai continua se lembrar ternamente do punido?? Tantas quantas forem as vezes que Eu falo contra meu filho filho rebelde, tantas vezes me lembro dele ternamente.

Este rebelde, após se deixar convencer, baterá na coxa, em lamento por não ter percebido antes a sua rebeldia juvenil…

Por que esta cena será possível??
Somente porque o Pai se compadece do filho punido por Ele com a morte…

Agora, depois de ser um Misericordioso Perdoador, o Pai diz ao filho que Ele acaba de perdoar?

1 – Filhinho, que aconteça contigo, aquilo que desejares no teu coração que aconteça com o teu próximo, teu irmão.

2 – Filhinho, diga isso para Mim todas as vezes que fizerdes a oração do Pai nosso, aquela oração que Eu inventei e te dei para falar Comigo.

Você conhece a bondade de Jeová?? A bondade de Jeová causará espanto na humanidade. Sabe porque a bondade de Jeová causará espanto em todos?? Permaneça neste site e espante-se com a bondade de Jeová.

Este site tem 158 páginas diferentes. São 158  links diferentes em uma tabela. Clique aqui e vá direto aos LINKS dos temas. Este link o levará diretamente à tabela existente neste site.

Todos os temas apresentam interessantes questionamentos. Consulte os temas mais procurados.

ARMADO COM O SEU PERDÃO, O PROFESSOR JEOVÁ/JAVÉ SAI PARA ENSINAR OS INÍQUOS EM SUAS CASAS, morando com eles, ou seja, morando com iníquos.

Regra de comportamento a ser seguida por toda a humanidade: “Faça a teu semelhante somente aquilo que você gostaria que Deus fizesse com você”. Os teus semelhantes vão dar glória a Deus por existir uma pessoa assim como você.

O PAI NOS INFORMA: “EU SOU O QUE EU SOU – E NÃO AQUILO QUE VOCÊ QUER QUE EU SEJA. MEU NOME ESTÁ ATRELADO À MINHA PERSONALIDADE. Logo, não espere que eu seja como você é”.

Será que santo é aquele que mata o iníquo?? Será que santo é aquele que odeia o iníquo?? Será que santo é aquele que sente desprezo pelo iníquo?? Santo é aquele que se mantém bem longe do iníquo?? Santo é aquele que não se  associa e que não fala com um iníquo?? E quanto ao justo, quem é ele??

INDEPENDENTE de que religião você tenha abraçado, Jeová é o teu Pai. Isto é uma realidade. Ele já o vê como sendo Seu filho. Agora, você precisa vê-lo e senti-lo como um pai, um verdadeiro pai. Depois, olhe para mim e me veja como teu irmão, um verdadeiro irmão, não como um irmão de religião, pois eu também sou filho Dele. Muitos se apossam do Pai e passam a afirmar que são os seus únicos filhos, rebaixando os demais a condição de “não filhos”.

Deseja entender como um filho pode ser visto por seu irmão como alguém que não é filho??

Liberdade de expressão – esta é uma das facetas da personalidade do Pai Celestial. O tirano não respeita a liberdade de expressão dos outros; ele impede outros de se expressarem livremente, não aceitando o diálogo. Ele manda fechar a boca dos divergentes. No entanto, o diálogo é uma livre via de mão dupla.

A violência não transforma em verdade ou em mentira a palavra (informação) falada por alguém. O tempo comprovará a exatidão da palavra. Ovelha não pratica violência física, tampouco, violência psicológica.

UM PAI AMOROSO SEMPRE DESEJA E SEMPRE ENSINA O SEU FILHO A SER AMOROSO TODO O TEMPO; um pai perdoador sempre deseja e sempre ensina o seu filho a ser perdoador todo o tempo; um pai imparcial sempre deseja e sempre ensina seu filho a ser imparcial todo o tempo.

Tens de amar a teu próximo. Não procure motivos para amar alguém, pois você pode não encontrá-los. Continuar a amar sem motivos, isto é o que Jeová sempre faz. Continuar a amar apesar de ter vários motivos para odiar, isto é o que Jeová sempre faz.

Não procure motivos para odiar alguém, pois você sempre vai encontrá-los. Mesmo tendo motivos de sobra para odiar, continue a amar o próximo. Não deseje a destruição do teu próximo, pois isto é odiar o próximo. Nunca deseje a destruição do teu próximo que te ofende, pois isto é guardar ressentimento dele; sempre deseje convencer o teu próximo, sempre deseje recuperar o teu próximo.

Não procure motivos para perdoar o teu próximo, não procure os méritos, pois você pode não encontrá-los. E o que farás se não encontrá-los?? Jeová nunca procura motivos para perdoar, afinal, Ele ama. Perdão é um ato de Amor. Perdoar é a ação de quem Ama. Perdão é uma ação altruísta, pois o altruísta aceita qualquer prejuízo. Amar está relacionado com o verbo “dar” e não com o verbo “trocar”. Amar está diretamente relacionado com o altruísta.

NÃO ENSINAMOS, NÃO CRITICAMOS, NÃO APOIAMOS NENHUMA RELIGIÃO; APOIAMOS AO REI DO REINO DOS CÉUS. APOIAMOS AS DECLARAÇÕES DO PAI, DECLARAÇÕES QUE FORAM REPETIDAS PELO FILHO. LOGO, NÃO JULGAMOS E NÃO CONDENAMOS A NINGUÉM. EXPOMOS AS DECLARAÇÕES HUMANAS QUE AFRONTAM AS DECLARAÇÕES DO PAI. VEJA JEOVÁ ATRAVÉS DOS OLHOS DE JESUS; VEJA-O COMO UM PAI. O PAI NÃO É UM TIRANO. O FILHO NÃO É UM TIRANO. ELES ENSINAM COMO RESPEITAR O “LIVRE-ARBÍTRIO”. SEMPRE RESPEITAR O “LIVRE-ARBÍTRIO” É UMA DAS “DIRETRIZES” PELAS QUAIS O PAI VIVE O SEU DIA A DIA. Um poderoso Rei respeita a decisão e ação de rejeitá-lo como um rei, tomada por seus súditos, e amando-os, ainda continuou falando e morando com eles – quem foi este rei?? Foi Jeová. Isto é que é respeitar o livre-arbítrio!! Ora, ora, um poderoso rei respeitando o livre-arbítrio de um súdito?? Será que o servo deste Deus também age assim, ou será que ele impõe a sua vontade a outros servos iguais a ele??

Além de Pai do “livre-arbítrio”, Jeová também é o Pai da “igualdade”.

O compromisso de cada humano é com o Pai. O compromisso de cada discípulo é com Jesus, uma ovelha, o modelo para o humano. O súdito devia copiar exclusivamente o “rei do reino dos céus”, uma ovelha, mas, ele pode escolher copiar um “ministro” do rei, afinal, ele tem o livre-arbítrio. No entanto, o resultado não será o mesmo.

A voz de Jesus não é uma voz que ensina intolerância, não é uma voz que ensina violência, não é a voz de um discriminador, não é a voz de um retribuidor, não é a voz de um justiceiro, não é a voz de um acusador, não é a voz de um tirano, não é a voz de um destruidor, por isso, a ovelha reconhece. A ovelha prefere ser morta, mas, não pratica e não ensina nenhuma violência. Se não for “perdoadora”, não se trata de uma ovelha.

Jesus é amor, Jesus é perdão, Jesus é livre-arbítrio, Jesus é igualdade, Jesus é pobreza. E quanto a mim?? Será que eu sou amor, será que eu sou livre-arbítrio, será que eu sou igualdade, será que eu sou pobreza, será que eu sou perdão???

Jesus é uma fonte de amor, uma fonte de livre-arbítrio, uma fonte de igualdade, uma fonte de perdão. E quanto a mim?? Imitando a Jesus, será que eu sou uma fonte de amor, uma fonte de livre-arbítrio, uma fonte de igualdade e uma fonte de perdão exatamente assim como Jesus mostrou ser??? De uma fonte de água doce não deve sair água salgada. É contra a natureza (segundo a sua espécie).

ESCRAVAGISMO – Também é um mandamento dado por Jeová??

O humano que pratica a escravidão de outros humanos, está praticando a igualdade ou a desigualdade?? Algum servo de Deus esteve liberado para escravizar outros humanos?? Escravizar alguém não é violar o livre-arbítrio deste alguém, independente de quem seja?? Alguém pode ser escravizado só por que ele é iníquo?? Algum servo de Deus conseguiria ser justo, tendo um escravo que realizasse serviços forçados de escravo??

O que ensinou Jeová para o povo amado?? Ensinou-os a praticarem a igualdade ou a praticarem a desigualdade?? Que mandamento deu Jeová e os mandou praticarem, igualdade ou desigualdade?? Que exemplo deu Jeová?? Exemplo de igualdade ou de desigualdade??

A igualdade é paralela à imparcialidade, enquanto a desigualdade é paralela à parcialidade.

Copiando o Pai, que exemplo nos deixou Jesus?? O exemplo de Jesus não é para ser glorificado, é para ser imitado. Os passos de Jesus (de Jesus) DEVERÃO ser seguidos e não aplaudidos.

Você sabia que os mandamentos que saem do coração do Pai IHVH têm duas marcas d’água que os diferenciam dos mandamentos que não saem do coração do Pai IHVH??
Você já sabe quais são estas duas marcas d’água??

Foi Jesus quem nos informou sobre a existência destes sinais identificadores dos mandamentos criados pelo Pai IHVH, sinais estes que não existem nos mandamentos criados por outros senhores.

Faça uma consulta neste site, e veja como identificar os verdadeiros mandamentos.

São 158 links diferentes em uma tabela –  Cada link o levará a uma nova página deste site. Cada página contém uma explanação com base nas Escrituras. São 158 páginas diferentes. Não fuja de um bom diálogo; apresente suas ilustrações e não sua condenação. Siga o exemplo de Jesus que copiava o Pai. Apresente argumentos de contestação para cada uma das 158 páginas. Respeite a livre via de mão dupla, mantendo-a sempre acessível.